18 junho 2017 - 19:08

Temer manifesta solidariedade ao povo português em razão de incêndio

Polícia Judiciária de Portugal ainda investiga as causas das chamas, mas informou não considerar o incêndio como tendo origem criminosa

O presidente Michel Temer se manifestou hoje, no Twitter, sobre o grave incêndio que matou dezenas de pessoas na região de Leiria, em Portugal. “Nossa solidariedade ao povo e ao governo de Portugal pela tragédia que é o incêndio em Leiria”, escreveu.

No início da tarde desse domingo (final da tarde em Portugal), o combate às chamas mobilizava mais de 830 agentes, 260 veículos e dez meios aéreos. Até o momento, foram confirmadas 61 mortes.

O maior número de vítimas foi registrado na vila de Pedrogão Grande, mas o fogo se alastrou também pelas de Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera. O governo espanhol enviou equipes para auxiliar no combate ao fogo. Já a União Europeia enviou três aviões para ajudar nos trabalhos de controle do incêndio. A Polícia Judiciária de Portugal ainda investiga as causas das chamas, mas informou não considerar o incêndio como tendo origem criminosa.

A manifestação de pesar ocorre um dia antes de o presidente Michel Temer iniciar uma agenda internacional que vai durar toda a semana. Ele viaja à Rússia e Noruega para buscar um estreitamento das relações do Brasil com os dois países. A agenda envolve reuniões com o presidente Vladimir Putin, em Moscou, e com o rei Harald V e a primeira-ministra Erna Solberg, em Oslo, além de encontros com investidores.

Fonte:Agência Brasil