20 março 2017 - 17:43

Morador de rua morre baleado na Praça da Matriz, na Capital

Execução ocorreu a metros da sede do governo estadual

Um morador de rua morreu baleado, na tarde desta segunda-feira, na Praça da Matriz, no Centro de Porto Alegre, a metros da sede do governo estadual. Paulo Roberto Camargo de Oliveira, de 36 anos, não tinha passagens pela Polícia, exceto pela posse de entorpecentes.

A execução movimentou o entorno e a perícia, até as 17h35min, era aguardada no local, meia hora após o assassinato. Não há informações sobre o motivo do crime. O Samu chegou a ser acionado, mas Paulo Ricardo não resistiu. Seguranças da Assembleia saíram do local para averiguar o que ocorreu. De acordo com a Brigada Militar, o autor dos disparos deixou cair um celular e fugiu em um Palio Branco.

A vítima foi abordada pela Brigada Militar em operação de rotina poucos minutos antes do crime na Praça da Alfândega. Na sequência, ele seguiu para a Praça da Matriz onde foi alvejado com quatro tiros. O comandante do 9ºBPM, Eduardo Amorim, disse que imagens de câmeras devem ser utilizadas pela Polícia Civil na investigação do crime. O policial admitiu que não havia policiamento no local no momento do assassinato. “Mas estamos realizando policiamento ostensivo por toda a região”.

A vítima vivia no local há cerca de dois meses, onde havia improvisado uma instalação em frente à Catedral Metropolitana, conforme o relato de moradores da região. Ele era guardador de carros e vivia com uma companheira na praça.

*Com informações da repórter Samantha Klein

Fonte:Rádio Guaíba