03 janeiro 2018 - 14:39

Marcos Pereira pede demissão do Ministério da Indústria e Comércio Exterior

Em carta de demissão, ex-ministro destacou acordos com Mercosul e Europa

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, anunciou nesta quarta-feira que está deixando o cargo na gestão do presidente Michel Temer.

Na carta de exoneração, entregue no início da tarde de hoje, Pereira salienta acordos feitos com a Argentina no setor automobilístico, além dos avanços nas negociações com a União Europeia. Além disso, ressaltou os resultados positivos da balança comercial – 2016 e 2017 com superávit. Pereira lembrou, ainda, que atuou no lançamento do programa Brasil Mais Produtivo, oferecido em 15 estados da Federação. Ele slegou questões pessoais e partidárias como motivos para deixar o cargo.

Presidente nacional do PRB, Pereira assumiu o posto em maio de 2016, logo após Temer assumir a Presidência durante o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

É a terceira baixa na esplanada dos ministério em menos de um mês. No início de dezembro, Antonio Imbassahy (PSDB) deixou a Secretaria de Governo, sendo substituído por um membro da tropa de choque do governo no Congresso, o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS). Já na semana passada, o ministro do Trabalho Ronaldo Nogueira, filiado ao PTB e ainda sem substituto definido, deixou o cargo.

Fonte:R7