body
12 outubro 2017 - 17:48

Greve da Polícia Civil pode terminar nesta sexta

Já o magistério se reúne em assembleia na terça que vem

Com o anúncio do depósito de salários de até R$ 10 mil, nesta sexta-feira, a greve da Polícia Civil pode ser encerrada, após uma assembleia da categoria. A Ugeirm Sindicato, que representa os escrivães, inspetores e investigadores, convocou os policiais para debater o possível fim da paralisação das atividades. Isso deve se confirmar caso, efetivamente, os salários de todos os servidores da corporação sejam pagos integralmente.

O vice-presidente da entidade, Fábio Castro, avaliou que “a atitude do governo demonstra o acerto da decisão da categoria em intensificar a mobilização”. Ele lembrou que o próprio governo havia declarado categoricamente a inexistência de recursos para o pagamento integral dos salários da categoria antes do dia 17, o que motivou, então, a mobilização. Para ele, a forte adesão à greve levou o governo a prometer pagar quase a totalidade dos servidores nesta sexta-feira.

“A greve será mantida até a integralização dos salários. Tem que contemplar todos os agentes”, alertou. “O objetivo da greve é o pagamento do salário”, resumiu.

Ao contrário dos policiais, os professores da rede pública de ensino podem se manter em greve, o que também vai ser discutido. O Cpers Sindicato convocou nova assembleia da categoria para a próxima terça-feira. O calendário de pagamentos do 22º mês de parcelamento prevê que todos os vencimentos sejam quitados nesse dia.

Fonte:Samantha Klein/Rádio Guaíba