07 dezembro 2017 - 18:09

Estado quita, nesta sexta, salários de servidores que recebem até R$ 2 mil

Folha de novembro é a terceira em que a Fazenda prioriza o pagamento de quem ganha menos

O governo estadual quita, nesta sexta-feira, os salários de servidores com rendimento líquido entre R$ 1,6 mil e R$ 2 mil. Para atender a esse grupo, de quase 40 mil matrículas, a Secretaria da Fazenda precisou dispor em caixa de R$ 77 milhões. No acumulado, serão agora 154 mil vínculos (45% do funcionalismo) com os salários de novembro pagos integralmente, incluindo 54% do Magistério.

Os valores poderão ser sacados nas primeiras horas da manhã. Segue a previsão de pagar os demais servidores até o dia 13 de dezembro, quarta-feira que vem, em especial a partir do ingresso mais expressivo de ICMS.

Na segunda-feira passada, a Fazenda quitou, na íntegra, os salários dos 5,2 mil funcionários das fundações, regidos pela CLT, que recebem até o quinto dia útil.

Esse é o 24º mês em que o Piratini não consegue pagar os salários em dia. Depois de 21 folhas parceladas, nos últimos três meses, passaram a ser priorizados os vencimentos menores.

Sobre o 13º de 2017, ainda não há definição. A Fazenda condiciona os recursos à venda de 49% das ações do Banrisul, adiada ontem devido à queda da cotação, e também à adesão ao Regime de Recuperação Fiscal, do governo federal.

FOLHA SALARIAL DE NOVEMBRO – SERVIDORES DO PODER EXECUTIVO
• Dia 30/11 (manhã) – Até R$ 1,2 mil líquidos (61 mil matrículas) – R$ 59,7 milhões
• Dia 30/11 – 12ª parcela do 13º salário de 2016 (100% dos servidores) – R$ 102 milhões
• Dia 30/11 – 50% do 13º salário para servidores das fundações – R$ 12 milhões
• Dia 30/11 (noite) – Até 1,6 mil líquidos (114 mil matrículas) – R$ 80,6 milhões
• Dia 8/12 – Até R$ 2 mil líquidos (154 mil matrículas) – R$ 77 milhões

Fonte:Rádio Guaíba