17 julho 2017 - 11:36

Emergências e maternidades da Capital estão com restrições no atendimento nesta segunda

Hospital de Clínicas, Conceição e Fêmina estão com algum tipo de restrição

A situação de superlotação em emergências e maternidades se repete na manhã desta segunda-feira em algumas unidades de saúde de Porto Alegre. A Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal do Hospital Fêmina, em Porto Alegre, está com restrição no atendimento na manhã de hoje. São 13 pacientes em atendimento para 10 leitos. A maternidade também opera com sua capacidade máxima. A orientação é que as gestantes procurem outras maternidades para realização de partos. Não há previsão de normalização do serviço.

Emergências

A emergência do Hospital Conceição também está com restrição máxima atendendo apenas pacientes com risco de morte nesta manhã devido à superlotação. São 87 pacientes em atendimento para 64 leitos.

No Hospital de Clínicas de Porto Alegre, a emergência atende nesta manhã 66 adultos para 41 leitos. Na ala pediátrica são 14 pacientes para nove vagas. O hospital também está com atendimento restrito, atendendo apenas casos de risco de morte.

Fonte:Guilherme Kepler / Rádio Guaíba