20 março 2017 - 09:47

Justiça decreta prisão preventiva de motorista embriagado suspeito de matar ciclista na Capital

Condutor estava embriagado e com a CNH suspensa ao atropelar, ontem, Lurdes Menegat Dreyer na Rua Salvador França

Mulher foi atingida na travessia da Salvador França, bairro Jardim Botânico | Foto: Alina Souza

Ciclista foi atingida na travessia da Salvador França, bairro Jardim Botânico. Foto: Alina Souza/CP

A pedido do Ministério Público, a Justiça determinou a prisão preventiva do motorista Carlos Alberto Vieira de Oliveira na manhã desta segunda-feira, que atropelou nesse domingo a ciclista Lurdes Menegat Dreyer, de 76 anos, na Rua Salvador França, no bairro Jardim Botânico, em Porto Alegre. Conforme a ocorrência policial, Oliveira estava embriagado e com a Carteira Nacional de Habilitação suspensa quando atropelou a idosa.  Ele tentou fugir sem prestar socorro, mas a Brigada Militar prendeu o condutor próximo ao local.  A prisão preventiva decorre do entendimento do MP de que houve homicídio doloso.

No pedido de prisão, o promotor de Justiça Mauro Fonseca Andrade reiterou que “nada há nos autos que aponte para o fato do ora conduzido não mais realizar tais condutas que já lhe eram proibidas, e que eram de sua plena ciência. Ao contrário, seu desprezo pela vida humana, decorrente de uma simples atitude de préstimo de socorro a quem vitimou, demonstra que – pelo contrário – poderá ele voltar a estar frente à direção de outro veículo automotor, de forma ilegal e irresponsável como a que levou à morte de Lurdes Menegat Dreyer, e vir a matar outras tantas vítimas inocentes como ela”.

Fonte:Rádio Guaíba