body
11 janeiro 2017 - 17:10

Comando da Brigada Militar muda a partir do dia 19

Subcomandante Andreis Dal'Lago sucede o coronel Alfeu Freitas, que vai se aposentar

Andreis Dal'Lago assume o Comando da BM. À esquerda dele, Mario Ikeda, novo subcomandante. Foto: Rodrigo Ziebell / Secretaria de Segurança Pública

Andreis Dal’Lago assume o Comando da BM. À esquerda dele, Mario Ikeda, novo subcomandante. Foto: Rodrigo Ziebell / Secretaria de Segurança Pública

O coronel Andreis Dal’Lago passa a comandar a Brigada Militar a partir de 19 de janeiro. Hoje subcomandante da corporação, ele sucede o coronel Alfeu Freitas Moreira, que vai se aposentar de forma compulsória após seis anos como coronel. Com isso, o cargo de subcomandante-geral também muda e passa a ser exercido pelo coronel Mario Ikeda, hoje comandante do Policiamento da Capital.

Em evento no Palácio Piratini, o coronel Alfeu Freitas recebeu a medalha Negrinho do Pastoreio do governador José Ivo Sartori e do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer. A medalha condecora o homenageado pela relevância dos serviços que prestou à população e ao Rio Grande do Sul. O coronel, que está na BM desde 1982, é o único na história que desempenhou as três funções de comando: comandante-geral, subcomandante-geral e chefe do Estado-Maior.

Freitas trabalha até o dia 18 e, depois disso, vai para a reserva remunerada. Com a aposentadoria compulsória, ele é obrigado pela lei a se aposentar, o que vai acontecer também em outros comandos de regionais – o que Schirmer considerou como uma “lei absurda”. Assim, a próxima semana vai servir de período de transição até que o coronel Dal’Lago assuma o Comando-Geral.

Dal’Lago está na Brigada Militar desde 1984, período em que recebeu 17 medalhas, e foi promovido a coronel em junho de 2015. Antes de assumir como subcomandante, ele foi chefe do Estado Maior. Em entrevista coletiva, o coronel disse que pretende dar seguimento ao trabalho já iniciado, com foco na gestão operacional e na superação das restrições de orçamento. Ele destacou, também, que vai seguir incentivando a integração entre instituições de segurança.

Comandante do CPC (Comando de Policiamento da Capital), Mario Ikeda também assume o Subcomando-Geral no dia 19. Para o CPC, no entanto, o novo comando ainda não está definido, o que deve ser acertado durante a semana.

Fonte: Bibiana Dihl | Rádio Guaíba