body
13 outubro 2017 - 10:14

Com quitação de salário, policiais gaúchos devem encerrar greve ainda hoje

Sindicato diz que paralisação só será encerrada se todos os agentes tiverem recebido o salário

O sindicato que representa os escrivães, inspetores e investigadores da Polícia Civil vai realizar uma consulta com os servidores para averiguar se as três categorias receberam o salário do mês de setembro, na manhã desta sexta. Conforme o vice-presidente da Ugeirm, Fábio Castro, se todos os servidores da categoria tiverem recebido, a previsão é que a greve seja encerrada. Hoje, a Secretaria Estadual da Fazenda depositou os vencimentos para quem ganha até R$ 10 mil.

No início da tarde, será realizado um debate entre os representantes de todas as regionais do sindicato para o anúncio sobre a finalização ou continuidade da paralisação. “A greve será mantida até a integralização dos salários. Tem que contemplar todos os agentes. O objetivo da greve é o pagamento do salário”, resumiu Castro.

O vice-presidente avaliou que “a atitude do governo demonstra o acerto da decisão da categoria em intensificar a mobilização”. Castro lembrou que o próprio governo havia declarado categoricamente a inexistência de recursos para o pagamento integral dos salários da categoria antes do dia 17, o que motivou, então, a mobilização. Para ele, a forte adesão à greve levou o governo a prometer pagar quase a totalidade dos servidores nesta sexta-feira.

Magistério

Já os professores da rede estadual de ensino vão debater a continuidade da mobilização na próxima terça-feira (17). Uma assembleia foi marcada para o Cpers-Sindicato. O calendário de pagamentos do 22º mês de parcelamento prevê que todos os vencimentos sejam quitados nesse dia. A categoria está em greve desde o início de setembro.

Salários

Os salários mais altos de setembro serão pagos pelo governo do Estado somente na terça-feira. Nesta manhã, foi realizado o depósito para servidores que recebem entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, concluindo assim, o pagamento de 97% da folha. Com isso, ainda falta o pagamento para 10,5 mil funcionários públicos que recebem acima desses valores. Para quitar os vencimentos ainda são necessários R$ 46 milhões. Até o momento, foram destinados R$ 1,116 bilhão para a folha salarial de setembro.

Fonte:Rádio Guaíba