Correio do Povo

Porto Alegre, 16 de Abril de 2014

Notícias > Esporte

Inter e São Paulo não chegam a acordo e vão brigar na Justiça por Oscar

Clube paulista recusou os cerca de R$ 10 milhões oferecidos como indenização

Oscar e Inter teriam oferecido R$ 10 milhões ao São PauloFoto: Fabiano do Amaral
Oscar e Inter teriam oferecido R$ 10 milhões ao São Paulo

O São Paulo informou o Inter por volta das 16h desta sexta-feira que não aceitou a proposta de indenização por Oscar. Segundo o repórter Rodrigo Oliveira, da Rádio Guaíba, a oferta conjunta apresentada pelo clube gaúcho e o jogador chegou a R$ 10 milhões. Na noite de quinta, o advogado do Inter Daniel Cravo afirmou que o Colorado não faria uma contraproposta em caso de resposta negativa do São Paulo. Portanto, a disputa vai agora para a Justiça.

Em entrevista ao comentarista Paulo Vinícius Coelho, da ESPN, o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, disse ter esperanças em contar com o retorno de Oscar, apesar das reiteradas manifestações do jogador afirmando não querer voltar.

A partir de segunda-feira, o Inter tentará obter no Tribunal Superior do Trabalho (TST) um efeito suspensivo da decisão judicial que determinou a volta de Oscar ao São Paulo. Assim, o meia poderia ter condições de jogo pelo clube gaúcho outra vez. Mesmo assim, esse não seria o fim da batalha. O São Paulo poderia cassar este efeito suspensivo e forçar o Inter a esperar o desfecho da disputa no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) paulista.

Em março, Oscar teve seu vínculo com o antigo clube reativado, por decisão do TRT. O Inter e o advogado do jogador, André Ribeiro, recorreram da decisão e apresentaram uma medida cautelar para fazer com que o meia voltasse aos gramados. Dessa forma, o TST, por meio do ministro Renato de Lacerda Paiva, concedeu um prazo de cinco dias para que o São Paulo conteste a iniciativa que pede a suspensão da decisão do TRT paulista.

Bookmark and Share

Esporte > ouvinte@radioguaiba.com.br