Guaíba 101.3FM 720AM
Tempo Agora
Porto Alegre
14ºC
Previsão para
Amanhã
19º 29º Icone Amanha

Porto Alegre, 16 de Abril de 2014

Aplicativo Iphone   Aplicativo Android   facebook   twitter


23/12/2012 09:54 - Atualizado em 23/12/2012 10:08

Homem é suspeito de abusar sexualmente do filho de 6 anos em hospital de Passo Fundo

Criança está internada para tratamento contra a leucemia

A Polícia de Passo Fundo está investigando uma denúncia de abuso sexual, que teria como vítima um menino de 6 anos, internado no Hospital São Vicente de Paulo para tratamento de leucemia. O pai do garoto, um biscateiro de 32 anos, residente no interior de Ibirapuitã, é suspeito de ter abusado sexualmente do filho no próprio hospital, no setor de isolamento pediátrico, onde o paciente faz tratamento com radioterapia e quimioterapia contra a leucemia.

O menino está internado desde o dia 30 de novembro tendo o pai como único acompanhante. Segundo a polícia, há pelo menos dez dias, funcionários do hospital e pais de outras crianças, vinham percebendo que estava ocorrendo algo de anormal com o menino, que chorava muito e não queria ficar com o pai.  No final da tarde sábado, a vítima se agarrou numa enfermeira, que foi atendê-lo e pedia para que não o deixasse sozinho com o pai. Uma médica foi chamada e na conversa o menino relatou o abusos que sofria.

Após este relato, o Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente foi acionado. Uma conselheira foi ao hospital e diante do relato da vítima acionou a Brigada Militar. O homem foi preso e conduzido para a Delegacia de Pronto Atendimento da Polícia Civil. A delegada de plantão, Rafaela Bier ouviu algumas pessoas, entre elas, uma mãe que contou ter ouvido, juntamente com o marido, nos dias 6 e 7 deste mês, o menino dizer: “para pai, para pai que dói”. Também houve relatos de que o acusado era acostumado a mostrar os órgãos genitais para outras crianças internadas no setor.

Apesar dos depoimentos, a delegada entendeu que não ficou caracterizado o flagrante, pois ele não foi pego no ato. Além disso, a vitima devido ao seu estado não pode ser ouvida na noite de sábado e o laudo dos exames a que foi submetido ainda não havia sido entregue à polícia. Assim, a delegada Rafaela Bier decidiu pela lavratura do boletim de ocorrência por estupro consumado e o suspeito foi liberado. A ocorrência será encaminhada na segunda-feira para a Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente, onde será aberto inquérito policial para apurar o caso.



Fonte: Acácio Silva/Rádio Guaíba

 

OPINIÃO > ENQUETE

Agentes do FBI ensinam técnicas de interrogatório a policiais gaúchos para a Copa do Mundo. Você acha que o treinamento é necessário?

Opinião > Enquete

OPINIÃO > ENQUETE

Quem chega melhor para a disputa do Brasileiro?

Opinião > Enquete

Rádio Guaíba Ltda.
Copyright © 2008 Grupo Record.
Todos os direitos reservados.