Guaíba 101.3FM 720AM
Tempo Agora
Porto Alegre
15ºC
Previsão para
Amanhã
13º 23º Icone Amanha

Porto Alegre, 23 de Abril de 2014

Aplicativo Iphone   Aplicativo Android   facebook   twitter


19/07/2011 14:57 - Atualizado em 19/07/2011 17:36

Jornalista Clóvis Duarte morre no Hospital Moinhos de Vento

Comunicador ficou cerca de dois meses internado na Capital

Duarte trabalhou por quase 20 anos na extinta TV Guaíba. Foto: CP MemóriaFoto:
Duarte trabalhou por quase 20 anos na extinta TV Guaíba. Foto: CP Memória

O jornalista, professor, comunicador e apresentador da TV Pampa Clovis Duarte, de 69 anos, morreu, às 13h55 desta terça-feira, na UTI do Hospital Moinhos de Vento, na Capital, onde ficou internado por cerca de dois meses, recuperando-se de complicações decorrentes de uma cirurgia em um canal entre o fígado e o pâncreas. Por quase 20 anos, Duarte trabalhou na extinta TV Guaíba, no canal 2 de Porto Alegre. O velório ocorre a partir das 8h desta quarta-feira, no Crematório Metropolitano São José (av. Oscar Pereira, 584). A cerimônia de cremação está prevista para as 11h.

Professor de Biologia, o jornalista fundou, em 64, o curso pré-vestibular IPV, que se tornou um dos principais da cidade. Sete anos mais tarde, em 71, foi contratado pela TV Gaúcha para fazer a cobertura do vestibular e, em seguida, participar do Jornal do Almoço. Em 75, Duarte estreou o programa Portovisão, na TV Difusora. Em janeiro de 88, passou a comandar o Câmera 2, na TV Guaíba, que permaneceu no ar até a emissora até ser extinta e vendida para o grupo Record, em julho de 2007. Desde então, o programa era exibido em duas edições na TV Pampa, no canal 4: Programa Clovis Duarte e Câmera Pampa.

Personalidades que conviviam com Duarte prestaram depoimentos à reportagem da Guaíba. O professor Antônio Hohlfeldt lamentou a perda de uma das referências da comunicação no Rio Grande do Sul. “Somando a morte do Clóvis com a morte recente do Flávio Alcaraz Gomes, infelizmente o Rio Grande do Sul perde dois nomes de referência que fazem parte da história do rádio e da televisão”, afirmou.

O publicitário e cronista Luiz Coronel exaltou o atual momento pelo qual o jornalista passava. “Clóvis era um homem arrebatado, apaixonado pelo seu time, pela vida, pela paisagem, pela mesa com os amigos, por seu programa de TV e a vida, nesse momento, lhe alcançava as melhores dádivas”, destacou.

Para o empresário Vitor Bertini, Clóvis Duarte “foi um homem de otimismo, de trabalho, um construtor de convergências e uma pessoa capaz de, em cada atividade que exerceu, levar em conta o interesse da coletividade”.

Ouça os depoimentos nos links abaixo.


     Ouça o áudio: Professor Antônio Hohlfeldt
     Ouça o áudio: Publicitário e cronista Luiz Coronel
     Ouça o áudio: Empresário Vitor Bertini

Fonte: Rádio Guaíba

 

OPINIÃO > ENQUETE

Porto Alegre receberá reforço de 2 mil PMs que virão de cidades do interior para o policiamento da Copa do Mundo. O que você acha da medida?

Opinião > Enquete

OPINIÃO > ENQUETE

O futuro de Enderson Moreira depende do resultado desta quarta-feira?

Opinião > Enquete

Rádio Guaíba Ltda.
Copyright © 2008 Grupo Record.
Todos os direitos reservados.